BlogAlex, sed Alex

Ícone

quem faz yoga não bloga

Capucino & go – Alice e outras tolices

 

O nome é tão bom que resolvi transformar em, digamos, coluna. Minicoluna. Não espere periodicidade nem conteúdo. 

Certas pessoas no twitter parecem deslumbradas. Isso me irritava até eu pensar se eu também não me deslumbraria se estivesse no lugar. Obs: não vou deixar de seguir esse people.

Já no Blip, tem gente que, not even f***ing, ouve todas as músicas que, errr, blipa. Poah, 6 músicas em 10 minutos? Deve ser o selinho da quantidade de blipadas. 

Ainda não tenho candidato a vereador. Vou escolher através do horário eleitoral. O primeiro que falar exatamente o oposto do que estiver escrito na legenda leva o meu voto. 

Já não faz sentido subir vídeos com vários minutos só de créditos. HTML e tags existem exatamente para isso. 

Acabei vendo o capítulo de estréia de “Alice”  só na reprise – que começou na meia-noite desta última madrugada na HBO 2. Como sabem, eu não entro no mérito, eu escancaro os deméritos. Nas chamadas, a série aparenta ser bem melhor do que é na realidade – ao menos do que foi o capítulo inicial. Putarias à parte, tirando aquele efeito manjado de estourar as cores nas cenas de festa, é mais uma série que desperdiça película e alta definição com a estética de filmes argentinos. 

Ainda sobre “Alice“: 

– onde foi parar o cobertor, embalado dentro de uma sacola plástica, depois que Alice deu (ops!) o telefonema no bar?

– se o DJ deu (ops!) só o iPod com o fone branco, é bom Alice economizar bateria ou terá que desembolsar algumas centenas de reais para arrumar um carregador usb ou ac;

– mesmo retratando Alice como, digamos, perniciosa, foi bom ver uma personagem feminina não se corroendo de culpa após uma traição.

Acostumado a “Mandrake“, esperava mais de “Alice“. Domingo tem mais um capítulo e mais uma chance. Às 22h na HBO, com reprise quinta (21h) e sábado (1h15!!). Lembrando que a HBO 2 reprisa a HBO com três horas de atraso (caso algum assinante ainda não saiba disso).

 

PS: o site é bacana. Talvez melhor que a série.

Anúncios

Filed under: capucino & go, tv, , , ,

Hard Domino – ou mais um capítulo de como coisas inúteis podem ser divertidas

Ok, ficaria mais barato se fosse com 1.500 capas de DVD. Mas aí não chamaria a atenção da mesma forma, né? 

Veja abaixo um dominó com 1.500 discos rígidos (eu parei de contar no 892, mas devem ser 1.500 mesmo!).

Obs: aposto que era tudo hd de 2GB!

 

Via: startupmeme

Filed under: informática, ,

Você é um Mac? Você é um PC?

Não, eu não acho que a existência humana possa ser tão vã a ponto de ser limitada a esta (frugal) escolha. Tampouco pretendo me aprofundar nessa questão existecial nem levantar um discurso baseado no argumento “caçar tubarões não torna a pessoa uma usuária descolada, seja de Mac ou PC”.

Há algumas semanas, a Microsoft tem veiculado, nos EUA, comerciais, digamos, estrelados por Jerry Seinfeld e Bill Gates. Um pior que o outro – os comerciais, Jerry e Bill estão ótimos, apesar do (er)roteiro. Esta semana, noticiou-se que Seinfeld teria brigado com a empresa de Redmond e, assim, não participaria mais dos comerciais. Na minha nada mais que nem um pouco humilde opinião, tudo não passa de um viral geek. Vejamos: comerciais sem pé nem cabeça; nenhum produto novo anunciado; várias referências, sejam explícitas ou escondidíssimas. Tudo colabora para a criação de um buzz em cima da campanha. E, se tem uma coisa que uma campanha publicitária quer, é justamente criar esse burburinho todo. Referências escondidas, como em “Lost” e “Heroes”, enredo de jogos do tipo riddle (ok, não há próxima fase, ao menos não nos comerciais, mas você entendeu) e agora essa mal explicada briga de Seinfeld com a empresa. Ah, isso só pode ser um viral, um viral geek!

 

E a Apple?

 

A Apple, também já há um tempinho, tem usado e abusado dos comerciais “I am a Mac, I am a PC”, inclusive com versões britânicas. Nos comerciais, em geral o PC é um cara gordinho, de óculos, e divertido, se é que podemos usar o termo divertido, da forma chata. Já o Mac é coom (você não lê o blog? Coom é o cúmulo do cool!). 

Ontem, sexta-feira, 19 de setembro, a Microsoft lançou o contrataque: um comercial em que os mais variados tipos de pessoa se dizem PCs – até mesmo um sujeito submerso em uma jaula cercada de tubarões. Animal, literalmente!

 

E o Quico?

Eu ouço daqui o seu grito: “Tá, mas e daí???”. Daí que, curiosamente, foi descoberto que

a) Tanto o ator que interpreta o PC no comercial tem um iPhone

b) quanto os anúncios impressos da campanha da Microsoft usam imagens criadas no Photoshop for Mac (veja na imagem a legenda creation software: Adobe Photoshop CS2 Macintosh).

 

Finalizando: o melhor comercial de toda essa lenga-lenga é este que colo abaixo:

 

Filed under: ads, apple, comportamento, informática, , , , , ,

Desafio: quem é?

Sem maiores referências e sem procurar no Google, responda: quem é o boneco abaixo?

Quem é?

Quem é?

 

 

Não, não é o Super Mario!

Não, não é o Super Mario!

 

Mesmo sem o boné e o bigode, o bonecão lá de cima se parece mais com Super Mario do que com… 

 

… Gilberto Kassab! O bonecão lá de cima é conhecido por Kassabão. Mas Kassab não é um Super Mario. Ele tá mais para um Simpson!

Filed under: papo-furado, questionário,

MSN para Mac – Aviso sonoro no Mercury

Ao que tudo indica, não existe uma solução 100% para este, errr, problema. Nem mesmo o MSN original, da Microsoft (que, para Mac, está na versão 7) agrada aos usuários da maçã. Não tem o recurso de exibir webcam, por exemplo. 

Não gostei do Adium e tenho alternado o MSN com o Mercury. Esse último tem o recurso de exibição da cam e troca facilmente a imagem de exibição – uma verdadeira epopéia no cliente oficial. Mas não receber aviso sonoro é um tremendo gol contra. Era, pois dá para configurar o Mercury (versão 1.9.2.) para te avisar.

Eu resolvi assim:

Options
Account Settings
Contacts
Events

 

 

screenshot do Mercury

screenshot do Mercury

Marquei todas as Notifications.
Fui no box que tem Sign In.
Escolhi o evento para o qual eu queria som. 

Fui em Play sound (embaixo de shell comma….) e escolhi o som.
Apply.

Voltei ao  box de Sign In, escolhi novo evento; depois, escolhi o som, apply de novo.

Filed under: apple, informática, , , ,

Chato 2.0 ou Webchato

Pode reparar, os chatos nessa época de internet apresentam todos ou a maioria dos seguintes comportamentos: 

– MSN sempre “ocupado”. Interessante como alguém pode ficar no msn e ocupado ao mesmo tempo durante todo o dia. Isso quando não fica offline o tempo todo. 

– Email com confirmação de leitura. Grandes chances de que venha marcado como alta prioridade. Mesmo que o conteúdo seja um arquivo .pps ou  alguma piada que  perdeu a graça em 1998.

– Perfil vazio no Orkut, só para fuçar sem ser visto. Agora, que muita gente bloqueia o conteúdo apenas para amigos, os webchatos desabilitam a opção do bina. Só para não serem detectados. Claro, o que mais frustra um webchato é não poder reclamar que tanta gente fuça seu perfil e ele, ‘tadinho, nunca vê o perfil de ninguém.

– Ainda sobre Orkut, uma curiosidade sobre os comprometidos: se for homem, a foto do avatar traz o casal abraçado e com cara de vou-fazer-um-teste-em-Malhação; se for mulher, uma foto de lado, à la Gisele, ou como se tivesse sido tirada na seleção de Brazil’s Next Top Model.

 

– Frase extraída de sublivros que tentaram imitar “O Pequeno Príncipe”, de alguma letra do Jota Quest ou de algum artista (?!?) de gosto igualmente duvidoso.

– Manda pedido de atenção no MSN.

– Usa o BuddyPoke e ainda faz campanha para os amigos usarem também, mas ignora Facebook e twitter. Envia recado com imagem ou animação (principalmente com musicas de, digamos, artistas citados acima). Abusa de sites que mandam mensagens coletivas.

– Pega um novo vírus numa base semanal e então infesta fóruns, comunidades e MSNs perguntando como desinfectar.

– Tem um blog, envia o link para todos a todo momento e comenta em vários outros blogs, só para fazer propaganda  do seu próprio blog. Pede que todo amigo (ou nem tanto) “deixe um recado”. Versões mais perigosas têm fotologs e/ou videoblogs. Curiosamente, webchatos não têm podcasts  😉

– Trata o Google como preservativo ou cinto de segurança: sabe que é necessário e que funciona, mas raramente usa.

Pode ter certeza, você chegou até aqui por meio de algum webchato.

Filed under: comportamento, informática, papo-furado, The Observer, web 2.0, ,

Uniformes das eliminatórias européias para a Copa de 2010

Armênia:

 

O uniforme de mandante (principal) da Armênia

O uniforme de mandante (principal) da Armênia

 

 

Azerbaidjão:

 

Uniforme de visitante do Azerbaidjão.

Uniforme de visitante do Azerbaidjão. Fabricado pela Umbro, o uniforme um é de camisas azuis com calções brancos.

 Lembrando que o time atual do Azerbaidjão tem dois brasileiros: Leandro Gomesh (ex-Gomes) e Fábio Luis Ramim. André Ladaga e Ernani Pereira também já jogaram pela seleção nacional azeri. Além disso, o ‘capita’ Carlos Alberto Torres treinou o time no biênio 2004-5.

 

A Armênia, embora sem brasileiros no line-up, possui um uniforme mais fácil de achar. Sem falar que o craque do time se chama Hamlet (Mekhitarian) e o goleiro, Roman Berezovski (lembra do Boris??).

Filed under: futebol, uniformes de futebol, ,

Como e onde acompanhar o Let’s MacRock

Além de ver tudo ao vivo, in loco, no Yerba Buena Center, em San Francisco, onde tudo se inicia às 10h (14h em horário de Goiânia), é possível acompanhar mais uma performance de Steve Jobs pela internet. 

Os sites (blogs?) abaixo relacionados farão atualizações constantes. De texto.

www.macrumors.com

www.appleinsider.com

www.tuaw.com

www.engadget.com

www.meiobit.com.br (em português)

 Isso me lembra quando, em 1998, um amigo me disse que uma turma de suecos hospedados na casa dele acompanhava uma partida de futebol pela internet em um site que descrevia os lances. Muitos anos depois eu passei a acompanhar da mesma forma – sem achar estranho. E hoje há a cobertura de eventos nos grandes portais na forma de atualizado-a-cada-n-segundo(s).

Outra coisa: como pode ter tanto site de design horrível dedicado à Apple?  

É também possível acompanhar pelo Twitter. Vá no search e digite #letsrock. Caso digite apple na busca, prepare-se para filtrar várias mensagens inúteis.

A algumas horas do início, o burburinho na net já é grande. Steven Levy não vai cobrir e já se sente sorry por isso. A Apple vai transmitir ao vivo e disponibilizar logo em seguida as keynotes. Eu infelizmente só devo conseguir acompanhar o finalzinho do macshow (iShow?).

Filed under: ads, apple, comportamento, informática, , ,

O mesmo blablablá de sempre?

Blogueiro não é jornalista. Mas blogar é coisa da imprensa. 

Só colocando lenha na fogueira; não sou jornalista, não sou blogueiro 😉

 

Aqui, blogar é fazer jornalismo

Cartaz do iPhone Developers Day
Blogueiro não é jornalista.    

Capa da mais recente revista Imprensa

Filed under: comportamento, papo-furado

Let’s Job!

 

Amanhã, terça-feira, 09 de setembro de 2008, Steve Jobs e sua (nossa!) Apple farão mais uma apresentação de novidades. O nome é Let’s Rock e será realizada no Yerba Buena Center, em San Francisco, Califórnia, USA. Como de praxe, as novidades são anunciadas na terça-feira – às 10h em horário local – porque Jobs não gosta de trabalhar às segundas.

MacRumors

Anúncio da Let's Rock do lado de fora do Yerba Buena Center, em San Francisco. Foto: MacRumors

 

 

Previsões para esta MacFesta:

– vai começar mais ou menos no horário inicial proposto;

– será anunciado um upgrade ou mudança de algum produto Apple;

– os produtos serão brancos, pretos e/ou de alumínio prateado;

– milhares de posts em blogs e twitters;

– a iJustine vai ver alguém parecidíssimo com o Jobs numa Starbucks e escreverá (em um post ou twit) que teve uma palpitação;

– eu poderia apostar que Jobs vai usar calça jeans e blusa preta de gola alta, mas estaria sujeito a erro. Por isso garanto apenas que ele não vai usar gel no cabelo!

Come on. Você chegou até aqui digitando apple, previsões, setembro etc. no Google e esperava um oráculo sobre o que vai acontecer amanhã? Relaxe! Nem os sites americanos mais bambambans podem garantir com um mínimo de certeza o que virá. 

 

Ok, vai ter iPod, tudo indica – banners, convites e, principalmente, fotos “secretas”. Vai ter MacBook novo? Improvável, mas é possível. Pela propaganda feita, é um evento grandioso e pode, sim, envolver mais de um produto – o que abre caminho também para mais anúncios sobre o iPhone (mesmo que seja a já manjada notícia da venda do bichinho em mercados submergentes como o brasileiro). 

 

A minha opinião é que não vai ter MacBook novo amanhã. Pró: não há anúncios de produtos diferentes há anos. O rumor era mais forte em junho e veio o novo iPhone. Contra: o MacBook Air apareceu bem de repentemente

Se você, como eu, quer (e por algum motivo precisa) comprar um MacBook e não sabe se compra agora ou espera o novo, aí vai a minha dica: espere até amanhã e então compre. O novo, se anunciado. O atual, nos outros casos. 

 

Como os produtos da maçã são sempre atualizados, os fãs sempre acham que poderiam ter esperado um pouquinho mais quando não compram um item logo no lançamento. Eu mesmo, nas vezes em que comprei produtos Apple, fui substituído meses mais tarde por gente que comprou um gadget mais novo. E eu não conheço uma única pessoa que tenha comprado um produto atualizado logo em seguida que não tenha escrito no Orkut que “mesmo assim valeu a pena”.

Outro ponto é que os novos MacBooks, que nas minhas apostas (não confie nelas!) só vão chegar no final do ano, não virão mais em branco e preto – virão aluminizados como o Pro e o Air. Então quem tiver o branquinho (ou o pretinho) vai continuar guardando status e elegância. 

[Come on de novo, vai me dizer que não usa Apple pra dar uma de cool? Ah, vá!]

Assim que comprei meu primeiro iPod, um mini verde, ele foi descontinuado. Isso não me impediu de curti-lo nem de me exibir aos incautos, respondendo os elogios dizendo “é, mas agora não tem mais desse aqui”  com aquele sorriso de desvirginador.

Eu não poderia finalizar esse texto e me despedir sem uma última aposta: a de que não será usado Windows na apresentação. Mas essa é uma previsão tão líquida e certa que, conhecendo um pouco (bem pouco) Steve Jobs, eu prefiro não arriscar!

Filed under: apple, comportamento, informática

setembro 2008
S T Q Q S S D
« jul   out »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930